verde Lagaffe | Lagaffe’s green

Meados de novembro é sempre altura da saga projeto-prenda para o aniversário da L. Há dois anos atrás, fiz-lhe um gorro como este. No ano passado… não me consigo lembrar. Este ano, tenho de me render às evidências. Nunca terei tempo nem meios nem paciência para uma camisola Lagaffe como esta. Em alternativa, tenho duas ideias em mente: esta saia numa super combinação rosa e roxo da Zagal e um gorro do Lagaffe.

A razão para fazer a saia é mais ou menos previsível. A minha miúda adora saias e adora cor-de-rosa. Não que eu seja um grande modelo nesse sentido, é mesmo dela e pronto. Quanto ao gorro, bem… O Gaston Lagaffe tornou-se um caso sério de culto aqui em casa. E há uma gaffe especialmente louca em que ele tem um gorro de lã com pompom. (Isto porque tinha ficado careca, porque tinha ido fazer um anúncio publicitário, porque…) O chefe dele chama-lhe a atenção para a falta de boas maneiras – ele não tira o gorro para cumprimentar. Solução do Gaston: passa a tirar o pompom para cumprimentar.

É pois imperioso fazer um gorro com um pompom amovível. Até aqui nada de especial. Mas tem de ser em verde Lagaffe! Nenhuma das minhas adoradas lãs tem o verde lagaffe. E só desta vez, abri uma exceção e comprei dois novelos de pseudo-lã, ainda assim portuguesa. Pseudo porque tem aquelas outras fibras que eu nem quero dizer o nome. A senhora da loja garantiu-me que são meadas antigas, com pouca saída, que regressaram à fábrica para serem dobadas. Confesso que não estou totalmente convencida mas é mesmo só desta vez.

DSCF3574               DSCF3577

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s