meias da concha ou tricotar meias 1/3 | sock knitting tips 1/3 and traditional knitting pattern socks

Vou partilhar algumas dicas sobre tricotar meias (duas ou três por post que isto dá pano para mangas), enquanto vos falo sobre um padrão que estou a experimentar pela primeira vez (documento este projeto aqui no ravelry).
*I’m sharing with you some tips about knitting socks (two or three each posts since there’s plenty to talk about), while I talk about this new pattern I’m trying out for the first time (feel free to check it out in my ravelry projects folder).*

O padrão, de inspiração tradicional, foi recuperado e publicado pela Rosa Pomar neste livro, chama-se assim meias da concha e o significado é desta designação é simplesmente delicioso. O ziguezague produzido pelas cores sugere o revestimento da cobra: as suas conchas.
*The pattern, inspired by traditional practice, was recovered and published by Rosa Pomar in this book, has the name meias da concha (socks of the shell) and the meaning of this name is just delicious. It’s the shells that cover a snake’s body.*

Mas já lá vamos. Primeiro um aviso: tricotar meias aqui significa ter um conjunto de cinco agulhas de ponta dupla e fazer a peça começando pelo cano (ou pela perna) e terminando na biqueira (ou ponta do pé).
*But first a warning: knitting socks here means having a five doble pointed needles set and making the piece beginning by the top (the leg) and ending in the toes.*

DSCF9920

a começar pelo cano uma meia para bebé com fio de algodão Rosários4 (o cordão laranja é para a meia não fugir de pé tão pequeno) *starting a baby sock with cotton yarn*

 

DSCF2981

a chegar à parte final de uma meia de lã Beiroa para adulto *getting to the end of an wool yarn grown-up size sock*

Para os primeiros pares de meias que tricotei, segui padrões onde se usava apenas um fio e onde as mudanças de cor surgiam do próprio novelo. Assim aconteceu com este par de meias com lã de Bucos que ainda continua a uso (passou pela L., pelo Tib. e agora são do T.) e que nunca precisou de nenhum conserto.

  • Dica tricotar meias n.º 1: Para começar, experimenta um projeto em que se use fio mais grosso, tipo meias para usar em casa. Se for para criança ainda melhor. Por um lado, avança muito mais rápido, i.e., em menor número de voltas e de malhas. Por outro lado, mais facilmente vês onde te (eventualmente) enganaste, mais facilmente desfazes e mais facilmente recuperas o andamento. As meias de tamanho de adulto com fio tipo 2.5mm podem ser um quebra-cabeças e, para quem está ainda a começar, esgotar o entusiasta mais positivista (como, aliás, me aconteceu a mim LOL).

*In my earliest knitted socks, I used a single yarn and the color change, when it happened, it was because of the yarn itself. This was the case in these socks made with Bucos wool yarn. Made some years ago, the socks are still alive and kicking! My girl used them, then Tib. and now it’s T.’s turn. Great and incredible handcrafted wool.

  • Knitting socks tip nr. 1: For your first projects, try choosing patterns with worsted yarn, such as socks to use at home. If it is for kids/toddlers even better! The piece grows really quick, that is, you will see the sock in less rows and less stitches. Besides, it will be easier to spot the stitches you failed, easier to undo them and easier to get there again. Socks made for big sizes and using 2.5mm needles can be quite a riddle and, for those who are still starting (it actually happened to me).
DSCF3213

meias de lã de Bucos. Tamanho 3-4 anos *Bucos wool yarn. socks for 3-4year old*

Neste caso, não segui nenhuma receita. Fiz estas meias de forma simplificada, a partir dos fracassos e descobertas de experiências anteriores e do uso e abuso de um pequeno livro que trouxe há três anos de um bazar de Sydney. O registo do que fiz está aqui no nosso blogue familiar.
*In this particular case, I didn’t follow any pattern. I made it very simple, inspired by my fails and discoveries of previous experiences and supported by a book I brought from Sydney some three years ago. The writing down of what I did is ight here in our family blog.*


O que a mim me atrapalhava mais ao tricotar uma meia é imaginar como é que as várias etapas do trabalho resultam verdadeiramente numa peça que, apesar de única, tem partes com formas e estruturas diferentes.
*What was more difficult for me while knitting a sock was trying out to imagine how was it possible that the different steps of the work would result in one whole piece that is constituted by parts with different forms and structures.*

  • Dica tricotar meias n.º 2: Escolhe um padrão que use diferentes cores para as diferentes partes do pé/da meia. Há etapas do tricotar das meias que simplesmente parecem ilógicas e que só depois de visualizarmos o resultado (mesmo que esteja longe do perfeito) compreendemos.
  • *Knitting socks tip nr. 2: Choose a pattern that uses a different color for each of the feet/sock parts. Some steps really seem to be crazy and we can only see how it looks like when we actually do them – even if what we did is far from perfect. 

Esta mesma dica te dá a Zélia Évora e poderás mesmo encontrar um padrão assim no livro da Zélia Évora (acabadinho de publicar). Faz mesmo muito sentido: ajuda realmente muito visualizar as diferentes partes da meia, já que estas, na verdade, correspondem a diferentes conjuntos de passos.
*This same tip is suggested by Zélia Évora – and you will find such a pattern in Zélia Évora’s fresh an shiny printed book. It really makes sense: you will see the real picture.*

Continuamos outro dia?
*Shall we go on with this in a few days?*

 

Advertisements

4 thoughts on “meias da concha ou tricotar meias 1/3 | sock knitting tips 1/3 and traditional knitting pattern socks

  1. Pingback: sobre motivos e padrões | thinking about motifs and patterns | *as malhinhas da mamã*

  2. Pingback: projetos para abril | april’s to do list – *as malhinhas da mamã*

  3. Pingback: *as malhinhas da mamã*

  4. Pingback: dicas sobre tricotar meias 3/3 | sock knitting tips 3/3 – *as malhinhas da mamã*

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s